terça-feira, 6 de julho de 2010

And all that Jazz

Olha, eu vou contar o que me aconteceu ontem a noite, mas não precisa acreditar, tá? Até porque tá meio difícil até prá eu mesma me convencer. Há muitos e muitos meses, logo quando eu tinha chegado aqui, eu contei sobre o episódio do Billy Elliot, que eu achei que iria sugar toda a minha sorte pro resto da vida inteirinha, né? Mas, Rá! A vida é uma caixinha de surpresas, já diria Joseph Climber...

E eis que ontem tava eu naquele início chato de semana e tinha combinado com a Kris de irmos fazer nosso programa quase quinzenal de sair prá jantar, beber e quase morrer de tanto falar bobagens femininas. E foi super engraçado porque ela sempre escolhe onde vamos e ontem ela escolheu ir em Covent Garden... No Canela! Eu ju-ro que não tive influência na escolha, ela nem sabia do meu caso de amor com o Canela aqui de Carnaby. Então fomos, eu super alegrona de conhecer o outro Canela (fica em Seven Dials), comer bem e me divertir numa segunda-feira bem tipicamente entediante.

E tamo nóis lá, bati mó papo com a a garçonete Brasileira, conversamos, comi um negócio de vegetais com queijo de cabra super, super gostoso e tamo no meio do nosso vinho quando chega a Raimunda (a garçonete) e me solta essa:

Raimunda: "o que que vocês vão fazer depois daqui?".
Eu, mó cara de interrogação: "?????Como assimmm???"
Raimunda: "sabe o que é? Eu tenho aqui dois convites pro Chicago que vai começar daqui 5 min ali na esquina, e não tem ninguém prá ir, vai perder os convites".

...

Pois é. Eu só me pergunto QUAIS AS CHANCES, meu Pai, de um raio bom desses cair duas vezes na cabeça da mesma pessoa?

Enfim, não sei, não quero saber. Pagamos a conta correndinho e só atravessamos a rua prá ver Chicago, minha gente! De grátis! Segunda-feira! É muita emoção prá mim, não aguento. E foi ótimo, né? Já tinha visto em 2006 no teatro Abril (alow pessoal que despreza musical no Brasil, é i-dêntico, tão bom quanto) e amei do mesmo jeito. Ainda com o plus de que a gente saiu, Raimunda tinha guardado nossa meia garrafa que sobrara e ainda demos uma esticadinha de fim de noite...

Acredita?! Eu ainda não.

5 comentários:

Lids disse...

Muita sorte mesmo!!!

Caroline disse...

Má, se eu fosse vc, ia todo dia pra frente do teatro esperar alguém aparecer com ingressos pra te dar!! Pq com essa sorte é bem capaz de isso acontecer de novo! hahaah

Bjos

Helô Righetto disse...

como assim vc tem outra amiga??? : )

Marina disse...

HAHAHAHAHAHA

Adorei, colhega

Hilda disse...

Sorte eh pouco, fia.
bjs