sexta-feira, 12 de março de 2010

O bagaço da laranja

Já dizia minha amiga Laura que a única pessoa que é certeza de estar em casa numa sexta a noite fazendo ponto cruz e vendo novela soy yo. De modo que eu posso contar nos dedos (das duas mãos, vai) as piores cachaças que eu já tomei até o presente momento:

- Giocondas todas, nem vale pormenorizar agora

- Girls Night In em 2005, a noite em que eu deixei um recado no telefone do meu irmão falando o quanto eu o amava e que ele era o Super 15. Acho que foi a única vez na vida que ele pensou na possibilidade de eu estar usando drogas

- Formatura da Thá, não lembro quando. Só recordo de ter quebrado uns copos com meu primo, caido no chão sozinha e ter perdido o brinco mais comentado da história das bijuterias no mundo. Nunca imaginei que Sunnydays pudesse ter efeito tão devastador

- Giovanna em abril 2006: já cheguei sem noção do mundo, só lembro de ver um trio elétrico entrando no meio da festa de surpresa e alguém me salvando de ser atropelada por ele. Lucieina me anjou muito nesse dia

- Triste, mas em casa com a Marida em 2007. Ambas deprimidas, um calor, fomos no Extra e compramos nossa felicidade. A gente fez 354.548 ligações constrangedoras (alow, Guto?), riu, chorou, caiu no chão e tomou sozinhas uma garrafa de vodka. Foi o único dia da minha vida (juro, sou muito santa) que eu fui prá faculdade ainda bêbada, no dia seguinte. (te poupei nessa, hein marida!)

- Formatura da Livets ano passado. Ainda bem que eu já era formada e trabalhava, porque quando minha mãe viu o estado do meu vestido com uns 12 furos de cigarros (não meus!) e inteiro manchado, achei que ela ia me deserdar

- Ontem. Pessoal do trabalho. Fomos no Thirst. Um Cosmo, uma Caipirinha, um French Martini, dois French Martinis, três French Martinis... Dignidade, perdi. E credibilidade no escritório prá que, néam?

8 comentários:

Mi disse...

Tu és muito divertida!! Hahahahaha

aquiemnewyork disse...

Adoro suas estorias! Fico rindo alto e sozinha! Ariana

Helô Righetto disse...

ahahahaahhaha

Dedé disse...

haha
É de gargalhar sozinha mesmo!!
Mto bom...

Guto Leite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Guto Leite disse...

Hahahahaha, juro que uma das falhas da minha vida é não ter aquele longo recado que você me deixou bêbada gravado, rs... Mas você cachaça com classe, minha amiga! Beijão

Anônimo disse...

Ai meu Deus!!!!!!!!!!!

Como é duro pra uma mãe que criou sua filha com tanto carinho,ve-la estampar essas historias na Internet...kkkkk

Mas como disse o Guto,a menina tem "Crasse", mesmo qdo cai na "marvada"

ahahahahah
Love u and miss u very much!!!!!!!

Lívia disse...

Maaaaaaa nao acredito que vc ta se entregando (e as amigas, de quebra!) assim, de bandeja pra deus e o mundo! hahahahahaha... Ainda bem MESMO que tem classe ne, pelo menos nem todos os detalhes sao escancarados... Heheheh

ERRATAS:
- Que 2007, ta loca?!?!?! Aquilo la foi de 2005 pra trás!!! Hahahah...
- Como assim "triste"?!?! Foi tao feliz, poxa!! Ouch, isso dói hein! Hehe
- Voce esqueceu de falar que "Ambas deprimidas, um calor, UMA BALADA ANIMAL ROLANDO NOS FUNDOS DO NOSSO PREDIO E A GENTE TENTOU ENTRAR MAS FOI BARRADAS NA PORTA, fomos no Extra e compramos nossa felicidade" - :)

To precisando de mais cias pra esses dias, ai que saudade! Aparece logo por aquiiiiiii!!

Bjus