sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Ossos do oficio

Eu acho uoh do borogodo quando voce se dispoe a acordar cedo, pegar o metro fedidao no horario do rush e ir trabalhar sem ter NADA pra fazer no escritorio.
(aqui nao tem acento, ok?)

O dia passa muito devagar, mas MOITO devagar. Eu ate tentei ser pro-ativa hoje, mas nao houve o QUE eu inventasse, nao tinha nada pra fazer mesmo. Vejam bem, queridos amigos, nao eh que eu seja louca e A-DO-RE trabalhar. Mas jah que eu to aqui, sai da cama cedo (reparem que eu estou irritada com o fato de acordar cedo) e vou ficar no minimo oito horas enfurnada nesse escritorio cheirando a Curry, me dah algo pra eu fazer, po! Qualquer coisinha, juro!

Plus que eu nem posso mandar todo mundo explodir e ficar assistindo uma serie no computador, porque a sacanagem ao cubo eh que minha tela fica virada pro meu chefe.

Eu vou fundar um movimento pra acabar com a hipocrisia de cair a caneta as 18h se minha caneta nem saiu da mesa hoje. Deveria ser permitido voce chegar pro seu chefe tipo 14h30 e falar "seguinte, brow. Eu nao tenho lhufas pra fazer aqui e estou cansada porque essa semana foi longa e nao aguento mais olhar pra minha tela de computador e fingir cara de conteudo. To saindo fora. Beeeeejo tchau".

Posso?

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá baby!!!!
O negócio é o seguinte:Se a Sra fica sem ter o que fazer- reclama- e se dão muitas coisas pra vc fazer reclama também...kkk
o "pobrema que te afrige " é a ansiedade...se cuida menininha...love u

Mamadi

Ellison disse...

poder pode mas não deve...

Taliza disse...

afeee... queria um dia disos na IBM! tipo, tem dias que eu não quero fazer nada, mas não tenho um dia sem NADA para fazer há anos...
srsrsrrs

mas amiga, fica firme! bjoooss