sábado, 28 de janeiro de 2012

Macacos no Brasil :)


Já faz tempo que essa (justa) imagem está na Internet e ela reflete uma verdade engraçada - não fosse triste - sobre a imagem do Brasil pra muitos estrangeiros. Realmente, tanta gente sabe pouco sobre o nosso país que uma agente de migração e até minha ex-chefe já me perguntaram se eu falava Brazilian

Masssss, verdade seja dita também que isso diminuiu MUITO e agora, com o Brasil na moda e com tanta exposição, pouca gente ainda não sabe onde o país está e que nem toda Brasileira é bunda. Não só isso, a gente ouve histórias de pessoas que estão fazendo aulas de Português (lembram da moda de aprender Mandarim? Então, agora é nóis), gente que quer se mudar pro Brasil, gente que acha o país simplesmente o MÁXIMO - justamente, inclusive, porque acham que é pa-pa-pa-party everyday - e outros exageros.

Mas enfim, tudo isso pra contar que quando eu tô sem paciência pra perguntas ignorantes eu a-do-ro contar a história dos macacos na minha escola e falar que siiiiim, nossa, é verdade, onde eu estudava tinha macacos! Então foi assim:

Deu-se que minha escola em Campinas ficava no meio do nada e atrás dela tinha uma floresta até que grandinha, onde a gente ia caçar saci, aprender sobre a flora, era o máximo. Dai né, o desenvolvimento foi chegando, começaram e construir condomínios em toda a volta e o óbvio aconteceu: nossa escola, super arborizada e grande que é, começou a receber a fauna da floresta que ficou sem ter onde morar. Inclusive e, principalmente...os macaquinhos!

Mas gente, sério, muitos macaquinhos. E dai teve toda uma deliberação, ai que perigo, já pensou se morde uma criancinha, mas ao mesmo tempo não podiam (e nem deveriam) matar os coitadinhos que só foram parar lá porque perderam a casa... Pois bem, acredito eu que, depois de muita discussão, a escola praticamente adotou os macaquinhos. 

Deixou eles lá e fez um super trabalho pra educar as criancinhas do porquê eles estavam por lá, o que eles comem, como vivem, que não pode encostar neles, que não pode maltratar, etc, e esses macaquinhos, pelo menos até quando eu fui embora, eram parte da rotina da escola - óbvio, não estavam em todo canto o tempo todo, mas vira e mexe a gente tava no meio da aula e zupt, um macaquinho parava na janela e toooodo mundo parava pra admirar a fofura (eles são umas gracinhas, desculpaê que eu não sei exatamente qual é!), as meninas com medinho que eles entrassem na sala, os meninos bullying alguém que tinha cara de macaco (o que mais esperar de meninos adolescentes?), enfim.

Então é isso, minha gente. Eu não falo Brazilian nem Espanhol, não gosto de Carnaval, não sei sambar, não vivia na floresta e não sou promíscua. Mas ahhh, que eu convivi com os macacos boa parte da minha vida Campineira, pode botar ai que é verdade! :):)

E bom Sábado pra todo mundo!

4 comentários:

Caroline disse...

Ma que saudades dos macaquinhos da escola!!! No meu trabalho (q tb fica no meio do nada) vira e mexe aparece um grupo deles! Mtoooo fofos!!!
E eu concordo com vc sobre tudo! haahah
Bjoss

Carol Pissolato

Lívia disse...

Maaaa eram saguis, nao?!!
E aqui no condominio dos meus pais tem tucano, coruja, quero-quero e as vezes até papagaios e araras voando livres por ai! Hahahahahah via o Brasil-sil-sil!!!

cintia disse...

La na minha Uni de Fortaleza tambem tinha... amava!

Taliza Weiss disse...

assino embaixo desse seu post amiga! miss that time...