sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

As aventuras de Leste

Demorou, mas cá estou. Tô com uma certa dificuldade prá digitar, devo acrescentar, porque acabei de dar uma volta pela rua e PQP, tá frio demais... Mas tudo bem, nada que me impeça de relatar os primeiros dias da Dna. Celeste aqui pelos lados da friaca.


Tadinha, ela tá sofrendo... Primeiro porque a gente não dá descanso prá ela, ela já andou muito a pé, de metrô, de ônibus, de trem, de tudo. E no frio, na chuva, no vento, no sol (que prá ela é a morte andar no sol) e até na neve. Então não é de se admirar que ela esteja cansadinha e tá tirando um cochilo agora.

E aí tem os sofrimentos habituais Celestiais... No primeiro dia ela teve um mini surto de ataque da perua louca porque ela tava se achando muito feia com o casacão e todas as mil roupas necessárias prá sair na rua. Pois bem, foi só sair no frio de noite que ela já abandonou a vaidade e agora só quer sair quentinha. Então, família, pasmem... Ela ficou seis dias, SEIS DIAS, S-E-I-S dias sem arrumar o panetone. Prá quem não sabe, esse aqui é o panetone da Leste:

Ninguém nunca, jamais, em hipótese alguma e sob possível pena de morte toca no cabelo dela. O caso é grave, são horas e horas, litros e litros de laquê, anos e anos de prática prá ele ficar assim e AI de quem chegar perto. Mas né, era a escolha entre congelar o cocoruto mantendo o panetone ou enfiar um gorrinho e ela teve que ceder. Gente, netos, eu abracei a cabeça da Leste...! Eu pus a mão na cabeça dela, me apoiei, revirei, fiz a festa. Foi a primeira e provavelmente a última vez, então eu tive que aproveitar, né primos!

(olhem a pose da madame.. Chique no úrtimo)

(abandono total da vaidade)

(ela e mamãe, muito chiuques)

E dai que também né, ela é fortinha mas não é de ferro. Então quando a gente vai nos museus arrumamos umas cadeiras de rodas e ela fica lá toda confortável passeando sentadinha. Claro, não sem antes carregar todas as nossas tralhas, hihi:



Por outro lado, prá variar, ela tá engraçada demais, sério, é cada uma... Começa com seu super otimismo em relação à neve. Porque minha mãe desde que chegou tá toda alegrona que nevou. Dna. Celeste nem se abala. Minha mãe lá com seu chilique de entusiasmo e tudo que a vó consegue dizer é: "hunf... grande coisa... Isso ai é chuva, só que tá congelada...". E isso não basta, não só Londres não é suficiente mas Joanópolis que é o centro do mundo, não? Segundo ela, "Em Joanópolis também tem esses gelinhos". ESSES GE-LI-NHOS.

E prá fechar com chave de ouro... A espertona foi no toilet e ficou lá meio sem saber o que fazer, né. Não achava seu banheiro devido e entrou no que ela achou que fosse mesmo. Ela até viu umas coisinhas que HOMENS usam prá fazer seu xixizinho, mas foi anyways. E ainda quando voltou, ainda comentou que poxa vida, não sabia onde ir e entrou no "gents" mesmo...! É isso ai vovó, porque idoso também é gente, poxa!!!!

Ah, e acabei de lembrar que hoje de manhã ela deu uma ótemaaaa! Primeiro que ontem Natal, o panetone voltou!

Ontem foi natal né, só alegria, nosso natal foi divertidíssimo, muita comida gostosa de Tia Mazé, muitos presentes, muito vinho, champanhe, aquela beleza da vida. E minha mãe, com toda sua desenvoltura com essa última parte da festa, ficou bem alegre. Pois bem, hoje de manhã todo mundo acordou, vovó veio prá mesa um pouquinho depois e minha mãe resolveu fazer um comentário infeliz: "Bom Dia mamãe! Tá recuperada de ontem?!". Ao que minha vó sabiamente me solta: "Ué, recuperada de que? Não fui eu que tomei um porre!"

Ok? Falou? Love you vovó!

(Ah, by the way... Vovó Celeste tem 86 aninhos ;)

7 comentários:

Gabi R. disse...

Que bacana! 86!!!
Ah, adorei o "panetone"! uhahaaaha

marina disse...

Nossa Gabi!
Você já vem amanhã, não é não?!
Beijo!

karen disse...

Não é a toa que nossa vozinha é Celestial, rs.... só ela mesmo!! Como diria meu pai, dá-lhe Lestão topa tudo! É Natal, já estava mais do que na hora de botar o panetone na roda.
Bjos e saudades... Feliz Natal, Feliz Ano Novo!!!

Anônimo disse...

Maaa
FELIZ NATAL E BOA PASSAGEM DE ANO querida! Estou muito contente que tia Meire e sua vovó estão aí. Mande meu abraço!
mÁ EU TAMBÉM ME FORMEI...UHUHUHUHU, e meu tcc ganhou 1º lugar da PUC CAMPINAS e também competi com as outra universidades de cps e fiqei um 1 lugar, até saí na band. (que chic).
Então, essa maré foi boa pra tdas nos mesmo. Que Deus continue te iluminando e te dando muita garra, alegria e mil motivos pra vc sorrir td dia. Eu te amo muito, bjao lele

Gabi R. disse...

Isso, Ma!
Na verdade hoje jah estou aqui!
Foi tranquila a viagem. E hoje nos fomos a Cambridge!!! Tao bonita!
beijao,
Happy New Year!

Hilda disse...

Como ela eh linda e fofa, Marina. Que familia bonita vc tem... sua mae parece ser sua irma de tao jovem.
bjs

Unknown disse...

Oi!
Chorei de rir com este post!
Eu raramentre comento mas adoro seu jeito de escrever, pena que vc deu abandonada no blog né?
Volta, please!
Beijinhos e Boa Sorte em tudo!
Daiane