domingo, 14 de agosto de 2011

Legoland

Na semana fatídica da mudança entramos meio em desespero de ver a sala nova daquele jeito. E sem esperanças de saber quando terminaríamos de montar todos os móveis que tivemos que comprar – porque né, já contei que tudo foi nóis que embalou, desembalou, montou, ZZZzz...


E dai que entra Santa Ikea, padroeira dos Classe Média DYIers em Mudança, amém. A maioria conhece né, o esquema da Ikea é bem simplão: você escolhe o que quer, anota, busca você mesmo no estoque, leva você mesmo pra casa (ou paga a pequenina fortuna de delivery, nada grave) e se vira você mesmo também pra fazer aquele monte de caixa virar móvel.



Então que tô só escrevendo esse post pra quem tiver qualquer dúvida sobre a Ikea ou sobre sua própria capacidade de montar um móvel em casa: sim, é possível. Não só possível, mas relativamente fácil. Requer sim um pouco de habilidade, mas mais que tudo exige paciência e bom humor (se eu e Rodrigo ainda tamos juntos é porque a gente riu em vez de chorar, viu!).


Começa que a Ikea tem dos móveis mais simples até uns mais dificinhos. É, literalmente, igual montar um Lego, com os blocões mais fáceis e alguns com aquelas pecinhas menores e mais chatinhas. Foi na mudança, por exemplo, que eu descobri porque o MUNDO INTEIRO tem a mesinha Lack e a estante “quadriculada”.



Não só porque elas são ridiculamente baratas (pagamos £1 a mesinha, sente só), mas porque são ridículas de montar – é literalmente juntar as peças, colocar os pregos no buraco e virar a chavinha.


O probleminha é só nos móveis mais complexos, que tem gavetas, armários, sapateiras que abrem, etc etc... Nada impossível, mas dá um ligeiro pânico quando você abre a caixa e vê 300 pedaços de madeira com MIL pregos e coisinhas que você nunca viu e acha que não vai rolar. Simples, mentaliza o Lego. I-GUAL. É só ir com muita calma, seguir o manual, refazer o que não tiver bem feito (porque no final a gaveta pode não deslizar direito, por exemplo) e tcharan! Umas horinhas (hihi) depois você tem móveis lindos e - se Deus permitir e você não tiver feito besteira - funcionando perfeitamente.



As únicas dicas que eu dou é 1) não montar NADA sozinho. Não porque é impossível, mas às vezes as instruções podem ser um pouco longas, os pedaços um pouco pesados, é muito detalhe e é bom ter dois pares de olho pra conferir se está indo no caminho certo. 2) SIGA O MANUAL. Não deixe seu maridão habilidoso olhar praquilo e falar “deixa comigo muié” e nem ler nada. O manual é essencial e se você seguir passo-a-passo exatamente, sem pular nada, sem achar que sabe, é garantido que o bixo funciona.


(Ah e uma pequena dica pros Londonerrrrs que precisam de um sofá. Nabru. Nossa verba era mínima e sofá é caro pacas né? Então pesquisei MUITO e encontrei esse site, onde você monta o modelo de sofá que quer, escolhe todos os detalhes - desde tecido até pé de madeira/aço, tamanho, cama, etc - e pronto. Escolhe o dia exatamente que quer a entrega, eles vêm e se pagar míseras £10 a mais eles ainda montam pra você. Olha, vale MUITO a pena. O sofá é ótimo, super resistente, bonito e muito, mas MUITO barato, muito mais barato - e melhor até - que os da Ikea. Pra terem uma noção, um sofá-cama de 1,99 de largura e cama de casal, custa £380. Gente, não achei UM sofá tão barato quanto esse. Se acharem, não me avisem, pra eu não chorar. Mas se precisarem, eu indico! Entregaram direitinho, confiáveis e o sofá é bom de verdade).



2 comentários:

Lelei disse...

Hehe, estou pra montar um post sobre a Ikea desde o ano passado quando mudamos também :) Acho que vai além disso ainda, também éplanejar o que vai comprar lá pra quando chegar ir direto no bendito ao invés de ficar rodando. Lei do mínimo esforço ;)
Mas é isso aí mesmo, é Lego pra adulto!

Depois vou linkar com o meu post se escrever um dia desses mesmo, rs.

Abraços!

cintia disse...

Ah, como ta fofo... as almofadinhas... oooohhh! Adorei a dica do site. To doida atras de um sofa novo.