domingo, 24 de outubro de 2010

(quase) Inexistentes dotes culinários

Eu nunca tive assim, muuuuita vontade de aprender a cozinhar. Quando eu era pequena sempre fui muito mestra na arte do Brigadeiro, mas ? Não sei se posso falar que brigadeiro de panela é cozinha.

Dai quando mudei pra São Paulo... não evoluí nem um milímetro. Primeiro porque eu e Marida tínhamos a vantagem de viver pertinho de Campinas, então nosso jantar vinha congeladinho lá de casa mesmo, carninha, arroz, feijão, strognoff, carne de panela, sopinhas, tudo nos taperwares que salvaram nosso período de faculdade.

Segundo porque, em geral, nesses anos de SP a vida foi sempre meio corrida. Tinha épocas de acordarmos 6h prá GV, estágio até 19h30, chegava em casa e ainda tinha que estudar, fazer TCC, etc etc etZZzzzz.... Então óbvio, assistir a novela sempre foi a prioridade: não tenho o me-nor pudor em admitir que preferia ficar uma hora largada no sofá depois de um dia desses, do que uma hora em pé no fogão!

Enfim.

Aqui tá um pouco difícil ignorar o fato de que preciso aprender o mínimo. Primeiro por estar longe dos taperwares salvadores de Zaíde; segundo porque agora nesse esquema de casal os programas se resumem basicamente a ir na casa dos colhegas pra almoços, jantares, etc etc e poxa, muito bom ter gente em casa também; terceiro porque minhanossasenhora o Rodrigo come muito e não há pra ele a opção de "vamos comer uma sopinha e uma salada hoje a noite" porque senão era divórcio antes mesmo de casamento.

Então cá estamos. Mas olha, não tá fácil. Minha colhega Heloísamuitas semanas me ensinou a fazer macarronada (é, eu não sei fazer nem macarronada, beijos!) e cadê que eu faço essa macarronada? Morri de medo e só fui fazer hoje - obviamente com a devida supervisão dela hihi.

Tenho uma outra amiga Americana que cozinha ridiculamente bem e em Junho fomos na casa dela jantar. Gente, humilhação. Ela me cozinhou um risoto de abobrinha e fez um frango com amendoim e canela, uma coisa meio louca absolutamente incrível. E cadê que eu tive coragem de convidá-los pra vir aqui? Demorou até uns dois finais de semana atrás, quando tomei coragem e decidi que tava na hora de acabar com a palhaçada.

Olha, eu nem vou comentar o meu estado de stress na Sexta e no Sábado antes de eles virem. Resolvi fazer um risoto de Brie com Parma, comprei o frango de padaria do Waitrose (é mó bom, eu garanto) e resolvi que ia porque ia fazer um cheesecake com cobertura de goiabada que está aqui estragando na geladeira (alguém quer?).

Putz... Olha, desastre não foi. Eles já estavam bem avisados que era minha primeira experiência culinária em casa e no final todo mundo saiu super bem alimentado. Mas óbvio, tava na cara que algo não ia funcionar. SORTE que foi o cheesecake e não o Risoto.

Digamos que assim, eu nem me liguei no fato de que "gelatina sem sabor" significa fazer a gelatina e jogar na massa e não apenas jogar o pozinho e ele magicamente vai sustentar o negócio. Pois é. Não rolou. O negócio caiu, um desastre na cozinha, minha manhã de Sábado literalmente indo pelo lixo, mas sabe que nem me abalei? A Kris riu tanto da minha cara e o Rodrigo ficou com tanta pena de ver o estado daquela coisa toda esparramada pela pia que eu até levei no bom humor.

Enfim, vamos indo. Ainda não peguei o gosto pela coisa, vou aprendendo beeem devagar, no meu ritmo e, quer saber? sem a menor pressa. O Rodrigo quando chega em casa a noite come até caco de vidro, então eu começando a fazer algumas coisas durante a semana e se ficar ruim só eu sei; ele come tudo mesmo, raspa o prato e ainda repete... Faz maravilhas pra minha auto-estima culinária!

8 comentários:

Dedé disse...

kkkk
Ma, tb nao sou nenhuma mestre cuca, mas consigo me virar. Comecei a pegar gosto pela coisa quando vim morar o ano passado aqui. Vc vai ver, agora que esta "aberta" para aprender, vai pegando o jeito.
Bjao

Helô Righetto disse...

como assim vc cozinhou pra outra amiga antes de moá???? nao acreditooooo to passada

Anathalia disse...

Nossa, sei bem o que você tá falando. Também era um zero à esquerda na cozinha. Acho que agora tô no zero a zero. Hahahaha! Mas com a prática a gente melhora (tomara! ahahah!).

Marina disse...

Nossa eu tô contando com isso, que a prática vai me levar além haha

Thais disse...

começa fazendo lanchinhos, pratos mais simples, coisas q vc tem vontade de comer. começar a testar os dotes num jantar para amigos q cozinham bem é muita coragem, mas tenho certeza q o q valeu foi a intençao e agora vc ja sabe ate usar a gelatina rsrs boa sorte nas proximas empreitadas culinarias!

Caroline disse...

Ma agora que to em SP preciso aprendera cozinhar tb viu! Mas nao tenho dote nenhum! haha
Se eu descobrir alguma receita f'acil e boa te aviso! ehehe
Bjos

Quezia disse...

Marininha,
Vou comecar a colocar receitinhas la no blog so para voce ta? Vamos marcar aquela aula de culinaria dja!

Taliza Weiss disse...

hahahah amiga, se servir de consolo eu nao fui capaz nem de cozinhar macarrao na primeira semana... mas estou mega ansiosa para experimentar seu risotinho hein! bjos